Conanda aprova minuta de decreto de regulamentação da Lei 13.431. CFP

Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente ( Conanda ) aprovou, em reunião no dia 26, minuta de decreto de regulamentação da Lei nº 13.431/2017, que estabelece o sistema de garantia de direitos da criança e do adolescente vítima ou testemunha de violência e altera o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). [continua]

Anúncios

Violência doméstica e familiar em Portugal: o homem como vítima

Violência doméstica. Eles ficam mais deprimidos, elas aguentam mais tempo, ambos sofrem

 

Homicídio seguido de suicídio: mais de metade dos casos

 

Há 14 homens por dia que se queixam de violência doméstica

 

 

 

TJRJ assina acordo de cooperação para proteger criança e adolescente vítima de violência. Assessoria de Imprensa

Com o objetivo de unificar as ações para o atendimento célere à criança e ao adolescente que têm que prestar depoimento como vítima ou testemunha, e de buscar reduzir a necessidade de repetições de depoimentos em diversos órgãos de atendimento, o Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ) promoveu nesta quinta-feira, dia 24, a cerimônia de assinatura do Acordo de Cooperação Institucional que visa à Integração para Escuta e Depoimento Especial de Crianças e Adolescentes Vítimas ou Testemunhas de Violências.

Cortes utilizam inteligência artificial no julgamento de casos criminais. Isso deve ser interrompido imediatamente. Wired

 

[…] Cortes nos EUA utilizam algoritmos para determinar diferentes tipos de risco associados a um réu. Da probabilidade de ocorrer novo crime até as chances de comparecimento ao julgamento. Esses algortimos orientam decisões sobre fianças, sentenças e liberdades condicionais. Essa ferramente aspira a aperfeiçoar a eficácia das decisões humanas – permitindo a melhor disponibilização de recursos finitos. [Quais são os problemas dessa iniciativa?]

Courts Are Using AI to Sentence Criminals. That Must Stop Now

Domestic/Family Violence Death Reviews: o que é isso?

Como diminuir os índices de violência doméstica e familiar?

Domestic/Family Violence Death Reviews são dispositivos que têm por objetivo o levantamento de dados e a produção de informações que possam colaborar em intervenções para reduzir os índices de violência doméstica ou familiar. Trata-se, de fato, de comitês com integrantes de diferentes agências governamentais. Eles estão estabelecidos em diversos países desde os anos 1990, em particular naqueles ditos desenvolvidos, de alta renda per capita. Esses dispositivos não contam com uma estrutura comum, tal como apontado por Bugeja, Dawson, McIntyre e Walsh (2015). Apesar da falta de unidade que caracteriza esses dispositivos, em todos os exemplos estudados a redução de mortes é um dos objetivos perseguidos, ainda que não alcançado nos casos estudados. O foco dos D/FVDRs estudados circunscreve-se aos homicídios por parceiros íntimos. Todavia, alguns deles incluem também outras relações familiares. Um terço dos dispositivos estudados mencionam mudanças no sistema de garantia de direitos e de responsabilização relativo à violência doméstica e familiar decorrentes de recomendações realizadas.


Bugeja, L., Dawson, M., McIntyre, S.-J., & Walsh, C. (2015). Domestic/family violence death reviews: An international comparison. Trauma, Violence & Abuse, 16(2), 179–187. doi:10.1177/524838013517561

Good time

 

Good Time review - Robert Pattinson sticks up for his brother in chaotic heist movie

Handbook for Professionals and Policymakers on Justice in matters involving child victims and witnesses of crime. UNODC

CRIMINAL JUSTICE HANDBOOK SERIES

Leia também:

ECOSOC Resolution 2005/20

Um lugar entre proteção e responsabilização?