Número de registros de feminicídios no Rio cresceu 63% em 2017. O Globo

Não raro criticado por quem ataca o politicamente correto, o termo “feminicídio” é enquadrado a crimes com motivação ligada ao gênero. A palavra apareceu no século XIX. Seu significado atual, porém, ganhou força nos anos 1970, impulsionado por ativistas, como a sul-africana Diana Russel.Em novembro, a defensora pública Arlanza Rebello, coordenadora de Defesa dos Direitos da Mulher da Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro (DPRJ), explicou ao GLOBO que a ideia é distinguir as ocorrências de homicídios dolosos gerais e cobrar políticas públicas focadas no problema.

Leia mais: https://oglobo.globo.com/rio/numero-de-registros-de-feminicidios-no-rio-cresceu-63-em-2017-22265400#ixzz55ZEvBLqs 

Autor: jccoimbra

a reader, above all

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.