Os EUA e os abusos contra adolescentes sob custódia

Relatório do Departamento de Justiça constatou que entre 2007 e 2012 a taxa de alegações formais de abuso sexual contra guardas e outros funcionários em instalações de justiça juvenil do Estado dobrou, ainda que o número de adolescentes no sistema tenha diminuído. O relatório, um dos maiores de seu tipo, baseia-se em dados recolhidos dos administradores em mais de 1.400 centros de detenção juvenil públicos e privados.

Por mais de uma década, o Bureau de Estatísticas do Departamento de Justiça tem realizado pesquisas anônimas sobre jovens sob custódia. Essas pesquisas têm produzido estimativas surpreendentes: cerca de 10 por cento dos adolescentes em detenção relataram abuso sexual por profissionais ou colegas, muitas vezes de modo repetido, frequentemente envolvendo guardas do sexo feminino. [Leia mais – ProPublica]

Anúncios

Autor: jccoimbra

a reader, above all

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s