Audiências no RJ inovam com transmissão on-line entre polícia e Judiciário

O Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ) vai usar, em suas audiências de custódia, novo modelo de transmissão de dados entre polícia e Judiciário, totalmente informatizado. A ideia é que informações on-line sobre a vida pregressa do preso em flagrante sejam disponibilizadas com antecedência ao juiz, dando mais elementos para que ele decida sobre a soltura ou decretação da prisão preventiva. A informação foi do presidente da corte, Luiz Fernando Ribeiro de Carvalho, durante a solenidade de assinatura dos termos de adesão ao projeto Audiência de Custódia doConselho Nacional de Justiça (CNJ) nesta sexta-feira (18/9). [CNJ]

Anúncios

Autor: jccoimbra

a reader, above all

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s