Pluriparentalidade: TJRS autoriza registro de nascimento com duas mães, um pai, e seis avós

O Globo publicou matéria na qual falava do ineditismo da sentença de juíza do TJRS que autorizava o registro civil de criança com duas mães, um pai e seis avós. Nesse caso, trata-se de casal de mulheres que contou com a ajuda de um amigo, que demandou e foi aceito por elas no seu reconhecimento de pai da criança. Contudo, no próprio TJRS já houve sentença que culminou nesse mesmo tipo de resultado, ainda que por motivos diferentes, tal como comentado neste blog.

Outros casos de dupla maternidade podem ser vistos aqui.

Veja também:

É argentino o primeiro bebê com três pais da América Latina [não é, mas…]

Anúncios

Autor: jccoimbra

a reader, above all

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s