Agamben: O pensamento é a coragem do desespero

Esta entrevista de Agamben é muito esclarecedora acerca de diversos aspectos de seu trabalho. Um desses aspectos, que revela toda sua força ao final, é o lugar do valor do inoperante, da inoperância, da impotência, em seu pensamento. A título de registro, vale mencionar que uma série de pensadores giraram em torno disso (Deleuze, Nancy, Esposito, Pelbart, por exemplo). De maneira geral, a imagem recorrente quando se trata disso, a grande narrativa a que sempre se recorre, é Bartleby, de Melville. Pistas para uma pesquisa.

Blog da Boitempo

14.27_26_Giorgio Agamben_Coragem pensamento desesperoJuliette Cerf entrevista Giorgio Agamben.

Nascido em Roma em 1942, Giorgio Agamben tem uma trajetória peculiar. Nos anos de formação, o jovem estudante de Direito andava com artistas e intelectuais agrupados em torno da autora Elsa Morante. Uma Dolce Vita? Um momento de amizades intensas, em todo caso. Giorgio Agamben apareceu como o apóstolo Filipe em O Evangelho segundo são Mateus (1964) de Pier Paolo Pasolini. Pouco a pouco, o jurista virou-se para a filosofia, após um seminário de Heidegger em Thor-en-Provence. Então ele lançou-se sobre a edição das obras de Walter Benjamin, um pensador que nunca esteve longe de seu pensamento, bem como Guy Debord e Michel Foucault. Giorgio Agamben tornou-se, assim, familiarizado com um sentido messiânico da História, uma crítica à sociedade do espetáculo, e uma resistência ao biopoder, o controle que as autoridades exercem sobre a vida – mais propriamente dos corpos dos cidadãos. Poético, tal como político, seu pensamento escava as camadas em busca…

Ver o post original 2.409 mais palavras

Anúncios

Autor: jccoimbra

a reader, above all

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s