A dimensão simbólica dos conflitos: moradores de favela e polícia, por Marcus Cardoso_inct_ineac

Resumo

“Ainda que determinadas insatisfações provenientes do tratamento dispensado poragentes do Estado expressem demandas por respeito aos direitos de cidadania, configurando-se desta forma numa demanda por consideração dos aspectos normativos do Direito, elas só podem ser devidamente compreendidas se atentarmos para sua dimensão simbólica. Foi disto que me dei conta acompanhando a relação entre os policiais militares e os moradores de duas favelas no Rio de Janeiro. As narrativas destes moradores, ao mesmo tempo em que apresentam diversas queixas em relação aos policiais, revelam concepções de direitos e justiça baseados em categorias locais. Através destas categorias, os moradores falam de suas expectativas sobre o desejo de mudança das relações com a polícia e demandas por respeito e reconhecimento dos seus direitos”.

Leia o artigo completo:

http://bit.ly/1cLVGZ9

Outro artigo do mesmo autor:

A linguagem dos direitos. O simbólico nas reclamações dos moradores de favelas: http://bit.ly/1dK40ww

Anúncios

Autor: jccoimbra

a reader, above all

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s