Você sabe como surgiu o Congresso Nacional da Psicologia?

Você sabe como surgiu o Congresso Nacional da Psicologia? Saiba mais sobre o CNP e sua evolução ao longo dos anos O Congresso Nacional da Psicologia – CNP – é, sem dúvida, uma conquista democrática da categoria. Foi instalado a partir do Pro…

Anúncios

Você sabe como surgiu o Congresso Nacional da Psicologia?

Saiba mais sobre o CNP e sua evolução ao longo dos anos

O Congresso Nacional da Psicologia – CNP – é, sem dúvida, uma conquista democrática da categoria. Foi instalado a partir do Processo Constituinte da Psicologia, em 1994, levando em conta a promulgação recente da Constituição de 88. Foi durante sua realização, em Campos do Jordão (SP), que os participantes – cerca de 150 psicólogas (os) , dos diversos Conselhos Regionais do país – decidiram fazer dele o primeiro CNP. Era preciso repensar, na época, a Psicologia a partir da reestruturação dos Conselhos de Psicologia, em uma perspectiva democrática.

Dois anos depois, o segundo congresso foi realizado em Belo horizonte, com o tema "O psicólogo vai mostrar a sua cara". Na ocasião, foram levantadas questões para apontar a importância de discutir a profissão em sua relação com a sociedade. Somente no terceiro CNP isto foi acontecer, quando as discussões sobre as políticas públicas e a interdisciplinariedade da profissão ganharam força.

Do terceiro pro quarto CNP foi, de fato, instituída a ideia de pensar sempre na Psicologia como uma resposta às demandas da categoria e da população.

Já o V Congresso mostrou que era possível garantir a qualidade técnica e o rigor ético da Psicologia sem perder o contato social, inclusive prestando apoio aos movimentos sociais. Foram pensados espaços onde as políticas públicas pudessem atuar em consonância com a profissão e, ao mesmo tempo, serem divulgadas como referência para a Psicologia.

Com a ideia que se originou no CNP, sobre o compromisso da Psicologia, surgiu o termo que virou praticamente um slogan – "Compromisso social da Psicologia". "Mas isto precisava se traduzir em uma prática competente, ousada e inovadora. E foi o 6º CNP, em 2007, que veio com a tarefa corajosa de enfrentar essa questão", lembrou a psicóloga e ex-presidente do CFP, Ana Bock.

Pensando nisto, a sexta edição do Congresso teve como tema o "Discurso do Compromisso Social à Produção de Referências para a Prática: construindo o projeto coletivo da profissão". O convite era pensar o futuro da profissão e da ciência a partir do trabalho cotidiano de cada profissional.

Em 2010, o aperfeiçoamento democrático do Sistema Conselhos, a construção de referências de qualificação para o exercício profissional e o diálogo com a sociedade e com o estado foram os três eixos abordados no VII CNP, que teve como tema "Psicologia e compromisso com a promoção de direitos: um projeto ético-político para a profissão".

Neste VIII CNP, a ética e a cidadania serão a marca do congresso, que discutirá as Práticas Profissionais a Serviço da Garantia de Direitos. Desta vez, a temática foi dividida nos seguintes eixos: Democratização do Sistema Conselhos e ampliação das formas de interação com a categoria; Contribuições éticas, políticas e técnicas nos processos de trabalho; e Ampliação da participação da Psicologia e da sociedade nas Políticas Públicas.

Instância máxima de deliberação na estrutura dos Conselhos, a cada três anos o CNP aprova as diretrizes básicas para a ação do Sistema Conselhos. Sua instalação possibilitou, definitivamente, a transformação do papel, do funcionamento e da ação dos Conselhos de Psicologia em direção a uma sociedade mais democrática.

Atenção

De 12 a 28 de abril, serão realizados os Congressos Regionais da Psicologia (Coreps) em todos os CRPs do Brasil.

Os Coreps são compostos por delegados eleitos nos pré-congressos e neles são apreciadas as propostas e eleitos os delegados para o CNP.

De acordo com o Regimento Eleitoral, a data da inscrição das chapas que concorrerão ao CRP será até o último dia dos Coreps, ou seja, dia 28 de abril.

 

Atualize seus dados!

Psicóloga (o), caso você não esteja recebendo as correspondências do CRP e do CFP, como o Jornal do Federal, a Revista Diálogos, entre outras, procure seu Regional para verificar se os seus dados estão atualizados.

Descadastre-se caso não queira receber mais e-mails. Caso não esteja visualizando corretamente esta mensagem, acesse este link Encaminhe esta mensagem ao acessar este link .

Autor: jccoimbra

a reader, above all

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s