Freud, inveja fálica e feminismo: a tensão entre as alianças e o sujeito da sexualidade

Freud, inveja fálica e feminismo: a tensão entre as alianças e o sujeito da sexualidade. Eduardo Ponte Brandão Nem sempre o autor tem plena consciência do que escreve, havendo pontos obscuros que, se não forem deixados para trás, ele poder…

Anúncios

Freud, inveja fálica e feminismo: a tensão entre as alianças e o sujeito da sexualidade.

Eduardo Ponte Brandão

 

Nem sempre o autor tem plena consciência do que escreve, havendo pontos obscuros que, se não forem deixados para trás, ele poderá ter a sorte de vê-los esclarecidos por mero encontro com algo que corrobora as suas intuições iniciais.

Foi o que me ocorreu num trecho do livro Nem Édipo, Nem Barbárie (ed Juruá): frente à interpretação de Freud de que as lutas de emancipação feminina – tão caros à sua época – correspondem mais à inveja fálica do que a uma reivindicação justa de direitos, quis defendê-lo do que poderia soar aos nossos ouvidos modernos como um suposto machismo patriarcal e tradicionalista do discurso freudiano. Questão essa hoje em dia esmaecida que, porém, marcara profundamente os primórdios da relação entre a psicanálise e o feminismo.

Vale destacar que eu abordei essa consideração de Freud na terceira de suas Contribuições à Psicologia do amor, escrita em 1917, na qual ele se debruça sobre a frigidez feminina. Segundo ele, a inveja do falo está na origem de boa parte dos casamentos infelizes em que a mulher dirige sua agressividade contra o marido, disfarçada sob forma de frigidez, ou como vingança inconsciente por seu defloramento (o que, sem dúvida, seria um motivo raro nos dias de hoje). Nessas condições,a frigidez pressupõe uma fixação infantil na fase fálica, cuja resolução é encontrada na medida em que a mulher passa para um segundo casamento.

Para ver mais, ler scribd acima.

Autor: jccoimbra

a reader, above all

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s